quarta-feira, 25 de março de 2015

Leitura dinâmica funciona?

Uma busca no Google sobre "como aumentar a velocidade de leitura" gera um sem número de artigos prometendo ensinar o indivíduo a ler mais rápido e a aproveitar melhor seu tempo ao estudar. Uma matéria em específico prometia um método para aumentar em até 300% a velocidade de leitura! E, bem, ao ler a matéria, percebi que o prometido poderia até ser cumprido, com técnicas que, na verdade, ensinam a passar rapidamente por um texto - não necessariamente compreendendo o que está nele.

Tecnicamente, ao não se reter em frases específicas, ao não fazer releituras e ao melhorar a visão periférica, é isso o que vai acontecer: você vai ler, o que não significa que vá entender. Portanto, não vejo a mudança como algo positivo para um estudante ou concurseiro, por exemplo, pois a suposta leitura rápida apenas o permitirá vislumbrar informações, sem apreendê-las. A referida técnica pode ser boa no caso de um texto sobre o qual você já estudou e tem uma dimensão de suas ideias e conceitos gerais - dessa forma, você pretende ler o texto apenas para conhecê-lo "na fonte".

Honestamente, o que essa técnica prega é uma forma de se adaptar à nossa realidade, em que somos obrigados a lidar com um milhão de informações num só dia, a maioria delas não sendo nem importante para nós. Nos acostumamos tanto a fazer tudo com velocidade que perdemos nossa capacidade de leitura que leva ao entendimento, algo que podemos claramente notar em discussões nas redes sociais - indivíduos que se preocupam em argumentar sem, antes, perceber o argumento do outro, gerando uma repetição sem fim de "pseudo argumentos" frequentemente desnecessários. (Enquanto faço este post, pela minha cabeça estão passando diversas discussões nas quais uma pessoa veio discordar de mim com assertividade, tornando-se até agressiva, para simplesmente repetir o que eu acabara de afirmar! Ou seja, a pessoa não havia se preocupado em ler - ou entender - minha fala, mas queria tanto expor a dela que não percebia que nós estávamos afirmando exatamente a mesma coisa, mas com palavras diferentes.)

Acredito que, no lugar de tentar fazer uma leitura mais rápida, a pessoa deva se preocupar em compreender o que lê. A velocidade de leitura em si certamente aumentará com a prática (tal como a velocidade de escrita).

Para quem tem uma carga de leitura grande pela frente e sabe que não será possível completá-las, as melhores dicas que posso sugerir estão neste texto:

Truques Simples para Ler e Reter Informações mais Rapidamente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário