domingo, 5 de abril de 2015

Como estamos?

Testemunhamos uma falta de razão generalizada entre todos, mas principalmente entre os que defendem crenças ou ideologias ditas tradicionais - ou que insistem em reproduzir o senso comum.

A falta de percepção crítica passa por um desejo de não ouvir o que o outro tem a dizer, de não considerar a multiplicidade de pensamentos e perspectivas que fazem que haja verdades diferentes para sujeitos diferentes. Nós constantemente nos esquecemos do fato de que cada um fala de um lugar e que isso é determinante do ponto de vista.

Não há mais debates, apenas acusações e confrontamentos agressivos de ideias e pseudo-informações jogadas na cara um do outro. Há apenas conflitos nos quais um se empenha tanto em destruir a verdade do outro por meio principalmente de difamações, e como resultado, deixa de perceber o valor da reflexão, da pesquisa, e de se adquirir novos conhecimentos.

Notícias, falsas informações, leituras equivocadas aos montes - são as cartas jogadas na mesa em busca de se fazer ouvir.

E dane-se a dignidade do outro, que é obviamente um ignorante por se recusar a crer na mesma verdade que eu, por não se colocar em meu lugar - mesmo que eu não me coloque no lugar dele.
-------------------------------------------
Sugestão de leitura: Portal Alexandria - A voz das minorias, ou o governo da maioria?

Nenhum comentário:

Postar um comentário